31 de agosto de 2016

ESCREVENDO COM IMAGINAÇÃO

Um comentário:

Sylvio Mário Bazote disse...

Um toque de arte das mãos: instrumento de construção
(também de destruição, mas aí já é outra história...)

MINHA FORTALEZA


VOLTA PRA MIM!!!
MESMO QUE ESTEJA EM OUTRA DIMENSÃO!!