30 de novembro de 2018

Poesia no Pano

Bom dia!
Eu ontem cortei um vestido maravilhoso para fazer 3 peças.
Três peças que não fazem justiça ao vestido Porém eu tive a coragem!
Aprendi muitas coisas.
Quando escutei:  Ching Ling, eu disse brincando:
- Ching Ling não!
Minha filha mais nova só assistia novela coreana, sente muita atração por orientais e tem 1,80 de altura e só namora baixinhos , bem baixinhos que têm cara de oriental. Está no ramo certo. Fé ciências da computação.
Eu ri muito. Porém fico me preocupando se foi uma piada de mau gosto uma brincadeiraque fiz com ela em frente aos participantes.
Ouvi algo inteligente: Ela é que é muito alta, nsobos namorados.
Vou me policiar daqui para a frente
A arte, a moda no caso, é uma forma de expressão inclusiva. Une todas as culturas. O que se coloca no corpo, pode ser sagrado.  ou pode ser o que se tem para se cobrir ou alimentar.
Precisei cortei uma peça perfeita e agora preciso recobstruí-la. Ou pesquisar como fazer para que não seja um desperdício.
Creio que expus a minha filha criando uma imagem grotesca. Pensar antes, é o aprendizado.
Aprendi que orientais, negros, brancos e índios são criadores por excelência.
E que o que se coloca no corpo é extensão do mesmo e é cultura pura. O poder deaescolha, de misturar culturas e cobrir a pele é algo libertador e sublime
E eu cortei uma peça perfeita... Completa, buscando uma solução...
Não sei o que eu fiz, mas a vontade de fazer ou criar  algo que seja agradável e útil, é mais forte agora do que a vontade de solucionar algo que já ligava feio ou imperfeito. O que não é belo aos meus olhos, pode ser o melhor que outras pessoas ou outros seres possuem.
Pensando muito...
Isso não quer dizer que eu não tenha o direito à emoções e aos sentimentos intensos que provocam a vontade de rasgar roupas. Não vou rasga-las. Porém posso imagina-laa rasgadas...
E que também "panos", contam muitas histórias.
Rasgados, remendados, limpos, sujos, coloridos bordados com poesias de rendas e pedrarias escritas à mão, sobre a restauração de fibras feitas com aa leveza de um papel de seda, ou de uma rude trama de algodão, são ambos confeccionados com riquezas de alma e nos traduzem sonhos,  anseios e sagas.

Nenhum comentário:

MINHA FORTALEZA


VOLTA PRA MIM!!!
MESMO QUE ESTEJA EM OUTRA DIMENSÃO!!