29 de janeiro de 2019

O Rio que Corria

Vieram ver
O Açúcar no olho que não enxerga
Vieram ver...
A cana no Nordeste que agoniza
Em brilho d'ourado de Grau em Coma
Precisavam ver de perto
Para aprenderem a sentir na consciência
Na carne que apodrece
Em um deserto de um Rio Morto...
Devorado pela lama

Desvio do Destino...

Nenhum comentário:

MINHA FORTALEZA


VOLTA PRA MIM!!!
MESMO QUE ESTEJA EM OUTRA DIMENSÃO!!