5 de maio de 2010

MÁRIO NOVELLO


Mário Novello,

brasileiro, é o mais importantecientista da atualidade. Ele deve incendiar São Paulo na Casa do Saber (rua Dr. Mário Ferraz, 414), dia 17 de maio, às 19h 30, em encontro gratuito para falar de duas de suas mais recentes demonstrações científicas: a deque a teoria do Big Bang não se sustenta como explicação da origem do Universo e de que o Universo é eterno, portanto, infinito, negando a crençacriacionista segundo a qual existiria um design inteligente autor da criação. Encontro imperdível, até porque Novello lança e autografa, logo após sua fala, seu livro Do Big Bang ao Universo Eterno (Editora Zahar), que traz as duas demonstrações. Leia também matéria que fiz com Novello no ano passado, mostrando por que ele é, também, a personalidade mais importante do Planeta, na atualidade. No link...


Mário Novello é pesquisador do Instituto de Cosmologia, Relatividade e Astrofísica (Icra/CBPF), do Rio de Janeiro. Recebeu o título de doutor honoris causa da Universidade de Lyon (França), em 2004, por seus estudos e suas comprovações científicas sobre a origem do Universo. É também doutor em física pela Universidade de Genebra, Suíça, com pós-doutorado no Departamento de Astrofísica da Universidade de Oxford, Inglaterra. Nesse encontro em São Paulo, para o qual você está convidado, Novello vai questionar a teoria do Big Bang como única explicação plausível sobre a origem do Universo. 
Mesmo sem ter produzido uma explicação racional da origem do universo, lembra Novello, o modelo do Big Bang --- isto é, a ideia de que o Universo foi criado por uma grande explosão que teria acontecido a uns poucos bilhões de anos ---- dominou o cenário cosmológico durante a maior parte da história moderna da Cosmologia e, em particular, desde os anos de 1970 a 2000.  Isso se deveu a várias circunstâncias que Novello irá detalhar nesse encontro em São Paulo.  
“Ainda que esta imagem extremamente simplista do que teria ocorrido no inicio da atual fase de expansão do Universo não tenha sido, até hoje, totalmente abandonada, devemos reconhecer que ela não tem mais nem o vigor nem a hegemonia que possuía em passado recente”, ressalta Novello.   
“A origem desta mudança de paradigma no imaginário do cientista tem várias causas, sendo uma das mais relevantes a que está associada às observações astronômicas recentes que sugerem uma aceleração da expansão do universo.” O encontro terá a mediação do jornalista Ulisses Capozolli, editor-chefe da revista Scientific American.

 Mais sobre Mário Novello
 Recebeu o título de doutor honoris causa da Universidade de Lyon, França, em 2004, e de doutor em física pela Universidade de Genebra, na Suíça. Fez pós-doutorado no Departamento de Astrofísica da Universidade de Oxford, Inglaterra. É autor de inúmeros trabalhos científicos publicados em revistas internacionais e pesquisador do Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF), instituição do Ministério da Ciência e Tecnologia e coordena a seção brasileira do Centro Internacional de Astrofísica Relativista (Icra), com sede na Itália. 
Criou, em 1978, da Escola Brasileira de Cosmologia e Gravitação. Autor de livros como “Cosmos et Contexte” (Paris, Ed. Masson, 1987); “O círculo do Tempo: um Olhar Científico sobre Viagens Não-convencionais no Tempo” (Rio de Janeiro, Ed. Campus, 1998); “Os Sonhos Atribulados de Maria Luísa” (Rio de Janeiro, Zahar, 2000); “Máquina do Tempo” (Rio de Janeiro, Zahar, 2005); “O que é Cosmologia” (Rio de Janeiro, Zahar, 2006), e agora “Do Big Bang ao Universo Eterno” (Rio de Janeiro, Zahar, 2010), entre outros.

Nenhum comentário:

MINHA FORTALEZA


VOLTA PRA MIM!!!
MESMO QUE ESTEJA EM OUTRA DIMENSÃO!!