10 de dezembro de 2010

O Vôo do Pássaro


O Vôo do Pássaro
Se ama ou há de amar profundamente
Lembre e guarde seu bem em liberdade
Não foge o pássaro fora da grade
Mas morre à sua mão sufocadamente

Se dele se julga além do que sente
Seja simples em sua realidade
E deixe o outro ser a sua verdade
Só assim viverá naturalmente

Não tema pelo que está em sua mão
Pois todo pássaro por mais longa asa
Reconhece o caminho de sua casa

O respeito não é um gesto vão
É o vôo do pássaro que se ama
Para em seu regresso avivar a chama

Raffael GioVanni

The Flight of the Bird
If there is love or to love deeply
Keep well and keep your free
Not escape the bird off the grill
But to his dying hand smothering

If it is judged beyond what feels
Be simple in its reality
And let the other be your truth
Only then will live naturally

Do not fear for what is in your hand
For every bird on wing longer
Recognizes the path of your house

Respect is not a vain gesture
Is the flight of the bird that loves
On his return to rekindle the flame

Raffael Giovanni

No Mundo da Lua

Eu não sei andar
Sozinho
Vivo assim levando a minha dor
Seja onde for
Vou pra qualquer canto com você
Gosto tanto desse seu jeitinho de viver
No mundo da lua

Não sei bem certo onde eu vou
Pode não dar pé
Posso me perder por aí
Eu tenho medo de tudo
Não gosto de bicho, do mato
De andar sem sapato
Mas tô indo lá
Mesmo assim eu vou

Eu não sei andar
Sozinho
Vivo a me arriscar
Quero meu lugar
Quero tanto te dizer que eu vou
Vou pra qualquer canto com você
Gosto tanto desse seu jeitinho de viver
No mundo da lua

Não sei bem certo onde eu vou
Pode não dar pé
Posso me perder por aí
Eu tenho medo de tudo
Não gosto de bicho, do mato
De andar sem sapato
Mas tô indo lá
Mesmo assim eu vou

Eu não sei andar
Sozinho
Vivo a me arriscar
Quero meu lugar
Quero tanto te dizer que eu vou

 Monique Kessous

In the World of the Moon


I do not know how to walk
Alone
Live like taking my pain
Wherever
'll Go anywhere with you
Like so much of their own way of living
In the world of moon

I'm not quite sure where I'll
You can not give foot
Can I lose around
I'm afraid of everything
I do not like animal, the bush
To walk without shoes
But I'm going there
Yet I

I do not know how to walk
Alone
To take my chances alive
I want my place
I want so much to tell you that I will
'll Go anywhere with you
Like so much of their own way of living
In the world of moon

I'm not quite sure where I'll
You can not give foot
Can I lose around
I'm afraid of everything
I do not like animal, the bush
To walk without shoes
But I'm going there
Yet I

I do not know how to walk
Alone
To take my chances alive
I want my place
I want so much to tell you that I will

Monique Kessous

3 comentários:

Marinha disse...

Gostei muito do blog! Parabéns, mineira!
Bjo

Amandio disse...

Gostei do blogger e das poesias que tem nele parabéns e um abração...

Sylvio Bazote disse...

Voos inspirados o que você anda realizando!

MINHA FORTALEZA


VOLTA PRA MIM!!!
MESMO QUE ESTEJA EM OUTRA DIMENSÃO!!