28 de setembro de 2019

Os Músicos de Bremen

Pensando: Na realidade virtual como são criados os animais? Haverá extinção generalizada ou serão apenas criação da mente humana? Serão descartados a medida que não são mais necessários? Serão somente frutos da criação de seres pensantes? Seres em corpos pensantes? A "supremacia" das "raças" será apenas fruto do intelecto? A vida será somente criação da mente humana? Os animais existirão ou serão extintos na realidade e substituídos por robôs, motores e volantes? Como existirão na realidade? No mundo virtual cabem os animais vivios em corpos e essências?  Ou serão frutos da imaginação?Músicos de Bremen...
#MusicosDeBremen

24 de setembro de 2019

Faça a sua Parte!

Sabemos que novas profissões surgirão! Sabemos que os jovens se tornarão o futuro. Porém não plantem o ódio como estratégia! Não responsabilizem os jovens como justiceiros. Plantem ternura, conhecimento e liberdade de escolhas. Basta de estratégias em prol da estrutura consumista insustentável.
Não responsabilizem os jovens como justiceiros! O que está acontecendo com o planeta? Plantem consciência, plantem atitudes sustentáveis! Chega de práticas tendenciosas e estratégias de marketing financiadas por interesses particulares. O que está acontecendo? Lugar de jovens é na escola livre de preconceitos e  aberta às diversidades. Não alimentem o ódio e nem empoderem justiceiros! Precisamos de consciência e atitudes. Estamos a beira de novas tragédias mantidas pelo apelo consumista insustentável. Vamos pensando... Mais consciência, mais responsabilidade. Se plantarmos consciência colheremos responsabilidades.
Sabemos que temos vergonha de cobrar o que não praticamos, mas a vontade de mudança pode ser a estratégia, não a cobrança justiceira. Linguagem feia. Linguagem que julga e pune sem mostrar ou direcionar para a solução. Fazer é melhor que apontar o dedo! Essa estratégia acaba em tragédia! Plantem poesia e colherão manás! Alimente com vontades de mudanças sustentáveis! Que cara feia! Que coisa questionável! Claro que estamos incluídos nas caras feias! Mas desejo de mudanças atrai atitudes para a concretização e busca de soluções!
Coisa feia! Faça a sua parte. Não fique aí só apontando o dedo!
Se quer mudanças, pratique  atitude! Redundantes argumentos, mas é tipo água mole em pedra dura mesmo! Preciso escutar o que escrevo. Não apenas ler. Estou surda e apontando o dedo para mim!  #CemCulpas Exigir justiça é diferente de empoderar justiceiros!

6 de setembro de 2019

Amo as Pedras Rolantes

Estão todos preocupados com o desemprego.
E os que não são empregados e que tem de matar um Leão por dia para sobreviver? Os que vivem do que sabem fazer de melhor?  Esses que sustentam o país e seus governantes? Esses que pagam impostos em tudo que consomem, que produzem e até para ficar parado? Esses que lutam para manter seus filhos nas escolas e oram para que os professores recebam e que sua prole tenha um "lugar ao sol", algum dia.
Os desempregados deveriam estar solidários a esses que geram renda para serem empregados. Hora alguma escuto falar desses "escravos do desemprego". Hora alguma escuto falar desses corajosos que continuam  sustentando essa máquina que não pode parar. Só incluem o empreendedor, o micro e o profissional autônomo, quando precisam sugar mais.
Esses vão para as ruas oferecerem seus feitos ou se oferecem para que a máquina continue andando. Fazem o  seu melhor, amam o que fazem e que mantém milhares de pessoas empregadas. Esses nunca contam, pois vão continuar sobrevivendo sem as peripécias dos governantes e dos que ocupam a máquina por ter apoiado algum daqueles que hoje estão testando seus poderes.
Os que são as independentes e acreditam, são os que realmente dão uma Banana para esse sistema de coisas que está aí.
São os verdadeiros "Revolucionários" .
Os não assalariados do Poder Público. Do dinheiro público.
Parece que todos esperam ingressar na vida pública e inflam, engessam a máquina que só  faz pagar e sugar.
Onde está a Educação? Educação para todos?
E os privilégios? Já estão somando quanto essa justiça e esses "prestadores de serviço" que se julgam donos do país e prometem barbáries aumentaram seus salários?
Retiraram da educação e da saúde para enfiarem no bolso.
Você aceita trabalhar para eles?
As empresas insustentáveis serão seus patrocinadores?
Quando, e principalmente brigamos por saúde escutamos:
-Vai pra Cuba!
Quando reivindicamos direitos, nos  humilham: - Vão pra Bolívia!
A toda hora nos mandam para algum lugar e fecham as portas.
E esses que estão sobrevivendo às próprias custas, sem contratos ou segurança e são vistos como "à margem" geram bilhões na incerteza da vida
Se recusam a viver na criminalidade do colarinho branco e das megas empresas insalubres e insustentáveis.
São os artistas na e da vida.
Não são reconhecidos nem incluídos. Vivem na marginalidade.
É por isso que amo os Rolling Stones. Foram pra Cuba sem ninguém mandar. Foram e deram seu recado.
Cantaram e dançaram com os retaliados. E aí de quem abrisse a boca!
Alguns rolam, outros usam o corpo para rolar!

5 de setembro de 2019

Realidade

https://twitter.com/xavierkatana/status/1169598524859850755?s=09

17 de agosto de 2019

Assim Nascem Estrelas

Uma estrela cadente caiu no solo escuro. 
E desabrochou uma árvore que deu frutos e espalhou sementes para os céus. Da série: Assim nascem as Estrelas! Conte histórias para corações carentes de belezas sinceras.

Não

25 de junho de 2019

Utopias Sim! Demências Não!

Outro dia apareceram na minha postagem pessoas que vieram com acusações e com a finalidade de julgar ou defender governantes e políticos. 
Perguntaram onde eu estava nos governos anteriores que deixei a Amazônia ser devastada. 
Defendendo o governo atual. Defendem erros justificando com outros erros. 
Outro me acusou de comer carne. 
Mas bebe cerveja industrializada e come veneno nos vegetais.
Argumentou que o rebanho solta gases na atmosfera.
Na hora eu sorri dentro do meu espaço virtual que acreditava ser privativo.
Me lembrei na hora dos músicos de Bremen. Oras, onde tem o maior rebanho do mundo deve ser o maior parceiro da poluição então! Deveria pagar por deixar rebanhos crescerem.
Bom, pensei: Na evolução natural o ser inteligente nascerá com chifres e com rabo! Eu gargalhei sozinha!
Agropecuária! Venenos é o que estamos absorvendo.
Não criar animais confinados para alimentação, não comer carne, plantar orgânicos sem agrotóxicos, depende de educação e cultura voltada para a preservação do planeta, da consciência e da evolução do ser humano. Não de imposições, acusações ou julgamentos.
A Amazônia é fruto de um manejo milenar sustentável.
Pessoas plantam e caçam para sobreviver.
Comem vegetais e carnes
Natureza é Equilíbrio.
Julgamentos com embasamentos em crenças que aconteceram em épocas e situações diferenciadas se tornaram dogmas precisam ser revisados !
Pessoas usam bolsa de couro, de plástico e malas com metais. James Bond veio para ficar ...
Hehehe. Dizem: Você come carne não é mesmo?
Mudanças para a sobrevivência sustentável precisam sair de atitudes que respeitem a natureza e a sobrevivência.
Não imponham suas crenças e muito menos suas culpas! Utopias sim! Demências não
E AFF! Coloquei no Imperativo!
Estou doente com tantos argumentos e com a invasão da privacidade.
Imperativamente doente: Digo Não!

22 de junho de 2019

Renascer Constante

Renascer Constante
Maria Tereza Penna
Quando você descobre que já perdeu tudo...
Perdeu coisas essenciais...
Já perdeu poesias, poemas, imagens e sinfonias que vinham para você em sonhos adormecidos ou vívidos.
Se esqueceu de desejos, propósitos e inspirações.
Aí então, é que você descobre que cada vez mais, tem menos coisas a perder.
Vai deixando pela estrada, experiências e vivências que não te servem mais.
Ficando nu diante de si mesmo e até dos que se aproximam.
Começa a pensar que está se desviando da “sanidade”.
A ilusão te perturba, incomoda e às vezes machuca.
Deseja coisas diversas.
Não aceita as realidades que se descortinam diante dos seus olhos incrédulos.
Você se percebe um estranho no ninho e se culpa pela impaciência com o outro.
Percebe que já é hora de buscar novos caminhos e se reciclar, ou encontrar novos rumos para seguir.
Você pensa que está tudo acabado e quer desistir...
Que não vale mais a pena essa existência e sobreviver diante dessa verdade, não te interessa.
Porém, acontece algo que te consola e sussurra:
-“Você só perde aquilo que conheceu ou conseguiu. O único aprendizado que importa é a busca”.
E você acredita na vibração do som que diz:
-“Coragem para continuar é a nossa meta neste mundo de desistências e acomodações.”
Renascer igual mito de ave fabulosa!
Renascer em brilhos dourados que pecam pela inocência e não pela vicissitude.
Fênix, Fenghuang ou Constelação de Estrelas...
Seja lá o nome que escolher nas diversidades, estará optando por retornar e se recompor.
Refazer-se e voltar para fazer de novo. E de novo e de novo e para sempre...
Não desistir, é o que nos torna seres viventes, sobreviventes em natureza e espírito.
E para épocas, e para dias e para anos em Gênesis por toda a eternidade.
Compromisso além do tempo e das eras.
Ciclos, períodos, além de momentos nas alturas.
Existe água em Marte? O asteroide Apóphis pode atingir a Terra em 2036?
Pouco importa se a vontade persiste.
Pouco importam as premonições e previsões, se a fé e a esperança se perpetuam na essência.
É o que precisamos para seguir perenes na crença.

É Superação no Universo das Verdades.

18 de março de 2019

Sobre Vivência

Castro Alves
Alphonsus Guimarães
Baudelaire
Lorde Byron
Oscar Wilde
Machado de Assis.
Não deixem que vedem meus olhos ou Anestesiem minha alma
Não quero uma horda entorpecida
Desejo vida capaz

15 de março de 2019

Sem Maria


Haverá, na próxima geração, um método farmacológico de fazer as pessoas amarem sua servidão e produzirem ditadura sem lágrimas, por assim dizer, produzindo um tipo de campo de concentração indolor para sociedades inteiras, de modo que as pessoas terão de fato suas liberdades tiradas delas, mas preferirão apreciar isso, porque elas estarão distraídas de qualquer desejo de se rebelar por propaganda ou lavagem cerebral, ou lavagem cerebral aprimorada por métodos farmacológicos. E esta parece ser a revolução final. *

ALDOUS HUXLEY (1894 - 1963), escritor inglês.

*_ trecho de discurso proferido em 1961 no Grupo Tavistock, California Medical School.
_______________________________________________________________________________

As Quotes que manipulam já existem a milênios. Sempre existirá os que sentem conforto na escravidão.
Porém eu pergunto: O que é "Servidão"? O que será a sobrevivência? O que é Ser Humano? E a sociedade das Abelhas? E a Rainha? E as operárias? O que será esse mundo de espécies? Serão fêmeas? 
O Zangão? E ainda pergunto: O que é Servidão?
E alguém acredita e exclama com um copo de cerveja na mão: Eita Ser! Que Vidão sô!
Então... Seguimos em frente..
AFF!... Sem Maria...

Nosso Senhor


Estou acreditando que sempre estaremos a serviço de um Senhor.
Nem que seja a serviço de algo que transcende.
O mais cruel deles é o implacável Ego.
Este sim, nos escraviza e nos impõe metas absurdas
E na maioria vezes inconsequentes.

14 de fevereiro de 2019

Agradecendo a Vida - Lemniscata.

"Madre Tereza de Calcutá, dotada de refinado senso de humildade e compaixão, acertou ao dizer que não há pobreza maior do que a falta de amor. De fato, grande parte de nossas decepções e desenganos está relacionada diretamente à pouca quantidade de amor que tem sido oferecida, pela maioria das pessoas."
Por Fãs da Psicanálise no Facebook

Nossas decepções são causadas por nossas expectativas com relação ao outro, na relação com o mundo.
Nossas frustrações são geradas pela nossa crença de que a "gratidão" é o princípio da fé.
Os Mestres nos ensinam que se praticarmos o amor esperando ser reconhecidos como beneméritos, não estamos distribuindo ou nutrindo, apenas atuando.
Não importa quantidade de amor. Não importa volume ou densidade. Não importa o quanto você se dispôs ou se entregou.
Se o outro não se sentir amado, nada do que ofertar será suficiente.
Se a falta de amor é a causa dos males, a ausência de sentimentos é a pior das doenças.
Não se sentir amado é o maior transtorno que um ser pode vivenciar.
Mesmo que todos, que tudo, que o Universo o ame, nada será suficiente para satisfazê-lo.
Não é culpando, assimilando culpas que mostraremos que o amor está presente.
Medindo a quantidade de amor estamos alimentando a pobreza e a miséria da alma que espera sempre por mais.
A existência começa pela meiose. Pela bipartição do UNI.
Parece que o Universo se diverte com a linguagem binária, fazendo com que busquemos respostas constantemente, entre o nada e o tudo. Símbolos do infinito deitado: 8 ou 80.
A resposta está em se sentir pleno. repleto, satisfeito. Não grato. É você com você mesmo. Amando e sendo amado. Compartilhando as manifestações do existir e de se ofertar.
A doação só pode ser verdadeira na abundância. O Amor incondicional, é aquele capaz de nascer do princípio e do fim.
Essa é a magnitude e a verdadeira experiência  de se sentir completo.

Minha última oração:
Que eu me sinta amado
Que o outro se sinta amado.
Que o Universo nos ame
Que todos nós sejamos amados

Aceitação para que o Universo se complete e se recrie proporcionando a vida e a morte em ciclos eternos.




8 de fevereiro de 2019

Estado de Lama!

Ordem
Ordem!: Saiam de suas casas!
Estamos mandando! Ou saiam ou morrem! Mãos e rostos abaixo? Olhar no chão! Vão indo! Caminhem! Vão! Vão. E não olhem para trás! Senão virarão estátuas de lama! De sal? Já era? Andem Andando!....
Isto não é Estado de Sítio! Isto é Estado de Lama!

29 de janeiro de 2019

Poeta Pelego

Não gosto de você poeta pelego que trabalha no poder público e finge que se importa.
Não gosto de você pelego que se vendeu por emprego e enlameou a alma.
Não gosto de você poeta pelego que está a toda hora se mostrando nos vídeos.
Não gosto de você poeta pelego que faz poesia com dinheiro público.
Não gosto de você poeta pelego que recebe dos que ignora o genocídio.
Não gosto de você poeta pelego, que para não perder o emprego trai seus carentes leitores.
ãao gosto de você que finge para sobreviver
Não acredito em quem não está no que assina!


Abelhar

Sempre as abelhas.
Sempre a Cultura
Não o cultivo
Sim, a Sobre Vivência
A Arte do Fazer
Viver Fazer
A importância da vida
Permanência na abundancia
Fartura que excede
Para além do necessárissario
A doação que adoção e pune.
Com um golpe mortal o generoso.
Que mantém a eternidade
Na doce constância
Do mel que escorre e abastece
A Comunidade sem ismos.

O Rio que Corria

Vieram ver
O Açúcar no olho que não enxerga
Vieram ver...
A cana no Nordeste que agoniza
Em brilho d'ourado de Grau em Coma
Precisavam ver de perto
Para aprenderem a sentir na consciência
Na carne que apodrece
Em um deserto de um Rio Morto...
Devorado pela lama

Desvio do Destino...

Eu acordei... Com sentimentos



Eu acordei!

Eu acordei com vontade
De seguir sentimentos
Acordei a tempo
De Fazer
Poema ao vento
Acordei no tempo
Do Prazer
De Fazer ao vento....

#MTP
#MT

19 de janeiro de 2019

Prioridades?

https://exame.abril.com.br/brasil/ministra-quer-abrir-terras-indigenas-a-producao-agricola-comercial/

É só isso que poderiam fazer em terras indígenas? Nas terras que ocupariam irregularmente? Vejam o que fizeram no nordeste com a cana de açúcar nos séculos VII e VIll. A história é bem clara e se vangloriam disto! Veja o que o nordeste se tornou? Todos sabem quem foram esses senhores que abasteceram o mundo com o açúcar.
Porque repetir os erros? Os índios não trabalharam para eles. Não se deixaram escravizar. Trouxeram os negros para o trabalho escravo. Tomaram as terras indígenas e fizeram delas um imenso deserto. Até hoje os brasileiros pagam por isso. Estão desviando o Rio São Francisco por isso. O açúcar só fez mal ao mundo. Precisamos evoluir. Menos açúcar hoje é a premissa. Não aprendemos nada? Porque tomar as terras e obrigar os índios a trabalharem  nelas? Não existe a Economia Criativa? Sei que tudo que fizermos vai impactar, mas existem alternativas melhores. Plantar para sobreviver é uma coisa, para abastecer Ceasas é outra. Agricultura sustentável e para a sobrevivência é uma coisa, exploração da terra para atender grandes mercados é outra. Não existem terras de latifundiários obsoletas, só para posse sem planejamento sustentável? Não existem outras terras da União sem planejamento para produção sustentável? Porque essa urgência?
Estou pensando sobre. Ainda não li. Tenho tantas coisas para pensar. Tantas urgências particulares que não raciocino mais sobre essas premissas. E me pergunto? Por que? Por que? Por que estão acontecendo todas essas coisas. Com tantos problemas mais urgentes?
Com tantas coisas acontecendo, com tantas terras sem produzir nas mãos de poucas pessoas, de uma família? Não podemos obrigar pessoas a mudar seu modo de vida. Obriga-las a  eceitar nossa religião pelo medo dos nossos pecados.
Isso digo, para que eu escute a mim mesma. Para que eu não me torne pior do que já sou. Para que eu continue humana, pois as vezes a lucidez me faz perder a sanidade.
Por que? Por que? E eu ainda nem li o que diziam os apertos de mãos e dedos levantados destes personagens retratados na foto.
Acho que essas fotos, essas manchetes estão chegando até nós para nos inundar do ódio e do preconceito.
Não sei mais o que pretendem, pois nem eu mesma sei como me manter como gente e como ser humano.
Não sei mais... Vou reaprender pensando...
Vou reaprender a amar pois perdi a mim mesma.... Me perdi nas redes das tramas das ganância e da prepotência. Da intolerância e do Ego grande que é a fonte dos ísmos
Preciso me perdoar...

Amém.

6 de janeiro de 2019

Espero por Asas


30 de dezembro de 2018

Navegar é Preciso

http://www.mineiridadeempencas.com.br/2010/02/fazer-viver.html?m=1

O grande Privilegio é Fazer... Privilegio do Ser é Fazer!
Navegar é preciso, Viver não é preciso. A vida é preciosa demais! O sábio imperativo: Busque!... 
A proposta é a busca... A eterna dádiva para se manter realmente vivo. A Felicidade está na busca... Na liberdade da Escolha. 
Eu não tenho religião, porém amo a maior dádiva que poderíamos receber: O livre arbítrio. Está em Gênesis. A responsabilidade da liberdade. Não o cerceamento ou ideal de liberdades... O conceito, a convicção,  são princípios onde se constituem as Leis necessárias para a sobrevivência em sistemas sociais, ou seja: Em Sociedade, 
O princípio da Natureza é a heterogeneidade. 
O Convívio com o Divino é a aceitação da diversidade, não o julgamento ou a imposição de valores. 
A Arte é Ágape
Ler It Be!

27 de dezembro de 2018

Na Morada de Piripiri

Amanheci com formigamento...
Coçando as mãos e o nariz.
Um desejo incontrolável de colocar as mãos na terra ...
Era uma comichão!
Afundar e fincar os dedos no solo e Ir até onde a distância permitisse.   
Come Chão mesmo... Aquela fissura que as grávidas sentem e devoram coisas de barro e as crianças colocam terra na boca.
Vontade de plantar algo que se adaptasse ao solo como raiz de Pripioca.
Tão perfumada que encantasse Piripiri e ele nunca mais se fosse.
Ir atrás do perfume do guerreiro meio material e meio espiritual que me enfeitiçou com magia pura...
Eu já havia amarrado os pés do "Perfumado" com cabelos em noite de Lua Cheia. Já havia feito loucuras para mantê-lo por perto.
Ele, Piripiri, esperto que é, fugiu sorrateiramente à noite e virou Arapari. Constelação de estrelas chamadas Mintaka, Alnilan e Alnitak.
Sempre acreditei serem nomes femininos representados pelas Três Marias.
Piripiri, a fim de não trazer o ciúme para dentro dos corações das donzelas que o assediavam apaixonadas, escolheu sabiamente como nomear as  deidades.
E após se dissolveu...Virou fumaça...
Porém deixou algo para nos consolar: As raízes da Piripri-oca. «Morada de Piripiri».
Aroma que entontece, inebria em banhos que curam a alma doente da saudade de algo que nunca conheceu.
Bálsamo, olor, essência que recende ambiência inundando além dos sentidos.
Poção mágica de sedução e sorte.
Aroma de inicio e fim de mundo...
Mari Thererè
Maria Tereza Penna

Texto criado para a Antologia Brasil Conto por Conto elaborada por Angela Mota

https://www.facebook.com/Lan%C3%A7amento-do-livro-Brasil-Conto-Por-Conto-1495628343893067/

15 de dezembro de 2018

Direito de Pensar e "Despensar"


Melhor clicar no link
Porém:
Pensar sempre... Questionar, 
As respostas estão em todos os lugares vagando atrás das perguntas. Então vamos pensar sobre: Direito de pensar e "despenaar"...O direito da humanidade para a liberdade 
O direito da escolha. De ser livre para escolher. A  educação para a busca nos permite essa liberdade.

Ainda bem que não estão lendo o mesmo livro!
Assim eu acredito e anseio 
Não é uma doutrinação, não é mesmo??
Espero que seja escolha  ou opção!

Existem vários suportes para a leitura.
Inclusive o celular.
Existem vídeos, jogos, que poderiam ser educativos. E alguns realmente são. O que eu questiono no celular é ser um universo onde se excluem e incluem relações do mundo real e também promove aproximação de ideias afins. O nosso aprendizado é a busca. As respostas estão vagando a espera de perguntas. E na foto, o isolamento individual é o mesmo que o celular proporciona. Livros são mundos, espaços virtuais tanto quanto celulares. O que precisamos é aprender e apreender o conhecimento que a generosidade do compartilhamento proporciona.
A "solidão"  recheada de relacionamentos virtuais. Tanto o livro como o celular são suportes para a disseminação de ideias, sentimentos e valores. Escolas.

30 de novembro de 2018

Poesia no Pano

Bom dia!
Eu ontem cortei um vestido maravilhoso para fazer 3 peças.
Três peças que não fazem justiça ao vestido Porém eu tive a coragem!
Aprendi muitas coisas.
Quando escutei:  Ching Ling, eu disse brincando:
- Ching Ling não!
Minha filha mais nova só assistia novela coreana, sente muita atração por orientais e tem 1,80 de altura e só namora baixinhos , bem baixinhos que têm cara de oriental. Está no ramo certo. Fé ciências da computação.
Eu ri muito. Porém fico me preocupando se foi uma piada de mau gosto uma brincadeiraque fiz com ela em frente aos participantes.
Ouvi algo inteligente: Ela é que é muito alta, nsobos namorados.
Vou me policiar daqui para a frente
A arte, a moda no caso, é uma forma de expressão inclusiva. Une todas as culturas. O que se coloca no corpo, pode ser sagrado.  ou pode ser o que se tem para se cobrir ou alimentar.
Precisei cortei uma peça perfeita e agora preciso recobstruí-la. Ou pesquisar como fazer para que não seja um desperdício.
Creio que expus a minha filha criando uma imagem grotesca. Pensar antes, é o aprendizado.
Aprendi que orientais, negros, brancos e índios são criadores por excelência.
E que o que se coloca no corpo é extensão do mesmo e é cultura pura. O poder deaescolha, de misturar culturas e cobrir a pele é algo libertador e sublime
E eu cortei uma peça perfeita... Completa, buscando uma solução...
Não sei o que eu fiz, mas a vontade de fazer ou criar  algo que seja agradável e útil, é mais forte agora do que a vontade de solucionar algo que já ligava feio ou imperfeito. O que não é belo aos meus olhos, pode ser o melhor que outras pessoas ou outros seres possuem.
Pensando muito...
Isso não quer dizer que eu não tenha o direito à emoções e aos sentimentos intensos que provocam a vontade de rasgar roupas. Não vou rasga-las. Porém posso imagina-laa rasgadas...
E que também "panos", contam muitas histórias.
Rasgados, remendados, limpos, sujos, coloridos bordados com poesias de rendas e pedrarias escritas à mão, sobre a restauração de fibras feitas com aa leveza de um papel de seda, ou de uma rude trama de algodão, são ambos confeccionados com riquezas de alma e nos traduzem sonhos,  anseios e sagas.

7 de julho de 2018

Aprendiz de Feiticeiro

Estar em contato com anjos, não é nada fácil!
Impressionante como a conexão entra em contato conosco. Ela se expressa através da linguagem. Está no verbo e na imagem... Antes de... Sempre antes de... É a liberdade do arbítrio.
Estar com um pé lá e outro em uma realidade que surpreende é complicado, muuitoooo, muito complicado...
A realidade se torna suave por alguns momentos e em outros momentos está latente e as vezes desumana.
A sensação de estar sempre sendo testada, nos torna as vezes frágeis, as vezes insegura, ou nos coloca no limite entre as escolhas... "Sanidade" ou "Loucura"? Bom, estar consciente é saber optar entre caminhos que se cruzam por instantes.
Creio que esse é o grande aprendizado...
O tal a qual chamam de: Entre a Cruz e a Espada. Ditado popular e de uma sabedoria imensa.
Estar vivo, é isso... Deve ser... Não sei...
Não sei... é de uma verdade inimaginável! Não sei! Apenas não sei!
Pensei em: Entre a Cruz e a Espada
                  Entre Sonhos e Realidades
                  Aprendiz de Feiticeiro
Todos dão bons título e inspiração para imagens.
Aprendendo a Viver é também uma boa opção. É onde as respostas estão procurando as perguntas.
É o solo fértil das incertezas que nos impulsionam a buscar e de onde literalmente tiramos leite de pedras.
E percebemos, às duras ou às suaves penas que o segredo para seguirmos é O Humor!
É a chave para continuarmos sendo os Eternos Aprendizes na busca de viver a Vida!

PS:Aff tanta exclamação!!!!





Bom dia com Humor!

"Oiiiii!!!
Se você me der 43 minutos do seu dia, te dou 7 anos meus...."
Acabei de receber isto por e-mail.
Estava lá assim desse jeito e dessa forma...
Pensei: Poxa, estou valendo muito. Meus momentos são preciosos...Quantos minutos estão presentes em 7 anos?
Mundo muito louco e dentro das mensagens oferecendo serviços... Será que já estou nessa ou ainda tenho fé em mim?
Trocas existenciais? 
Ou é trambique ou uma generosidade incondicional!
Ler ou não ler? Eis a questão.
Não vou ler...
Não pela mensagem, mas pela preservação dos meus momentos idos e vividos.
E o pior... voltando a página da oferta de curso, o tema serve direitinho para mim: Apreender a organizar, a reorganizar e me lembrar que não tenho um puto furado para escolhas.
Hehehehe
Bom dia com Humor!

Maria Tereza Penna

PS: 61.368 horas em 7anos... = 3.682.080 minutos

Isso não é troca.
Isso é abuso da Boa Fé alheia! hehehehe
Bom dia com Humor

29 de junho de 2018

HOSANA NAS ALTURAS

Ontem fiz um Curso Redação Oficial com o objetivo de participar de um projeto que tem como foco, a "Cultura Popular".
Muito interessante a didática do professor que repassa os temas oferecidos de forma lúdica divertida
Perguntava e obtinha prontas respostas dos participantes.
Falou-se sobre o Poder.
O poder da palavra, da língua que expressa os sentimentos e os desejos das pessoas.
Como o poder da linguagem pode ser imperativo e definitivo!
Quando o professor perguntou sobre o que seria Liberdade, alguns disseram: Free! Outros, o desejo de ir e vir e alguns a vontade de estar solteiro dentre outras aspirações.
Então eu me perguntei: O que é a Liberdade?
A Liberdade é um Poder!
Um Poder absoluto e incontestável.
Compreendi que todo poder que impõe, primeiro precisa cecear a Liberdade.
Reprimir os anseios para se estabelecer
Tolher a liberdade de escolha
De sonhar
De fazer viver,
O Poder do Livre Arbítrio, foi a maior dádiva que recebemos da Infinita Glória
Hosana nas Alturas!
Amém!

Maria Tereza Penna

7 de maio de 2018

O Despertar de Uma Nova Era

Irmão de João
Filho de Zebedeu
Tiago
Ultimo a nascer de dois
Segurando o calcanhar do outro
Agraciado com a visão do brilho
Das vestes Sagradas
Primeiro a beber do Cálice
O Justo
O Convidado de Jesus que perde a chance
Por reviver Arcontes
Ou creditar a Demiurgo
A salvação das Gentes
Era somente para entender:
Os Pastores
"A Semente"
"O Edifício"
"As Lâmpadas das Virgens"
"A Recompensa dos Trabalhadores"
"Drachma Duplo"
E  "A Mulher"
Aquela que deseja a maternidade
Para quem a chegada do filho é um recomeço
Para a família que aguarda o estrangeiro
O retorno do pródigo é uma benção
O renascer sempre estará ao alcance dos que anseiam
A Gratidão  é a chave para abrir as portas
Agradecer pelo milagre
É a proposta de uma Nova Vida
De Amor, Paz, Esperança e Harmonia
Pleroma reunindo-se à Sophia
Plenitude dando a Luz
Ao nascimento de uma Nova Era.

Maria Tereza Penna

5 de maio de 2018

O Despertar de Uma Nova Era

Irmão de João
Filho de Zebedeu
Tiago
Ultimo a nascer de dois
Segurando o calcanhar do outro
Agraciado com a visão do brilho
Das vestes Sagradas
Primeiro a beber do Cálice
O Justo
O Convidado de Jesus que perde a chance
Por reviver Arcontes
Ou creditar a Demiurgo
A salvação das Gentes
Era somente para entender:
Os Pastores
"A Semente"
"O Edifício"
"As Lâmpadas das Virgens"
"A Recompensa dos Trabalhadores"
"Drachma Duplo"
E  "A Mulher"
Aquela que deseja a maternidade
Para quem a chegada do filho é um recomeço
Para a família que aguarda o estrangeiro
O retorno do pródigo é uma benção
O renascer sempre estará ao alcance dos que anseiam
A Gratidão  é a chave para abrir as portas
Agradecer pelo milagre
É a proposta de uma Nova Vida
De Amor, Paz, Esperança e Harmonia
Pleroma reunindo-se à Sophia
Plenitude dando a Luz
Ao nascimento de uma Nova Era.

Maria Tereza Penna

23 de março de 2018

Brasil Conto por Conto







6 de março de 2018

Ora_Ação

Acabei de ler, o que me foi gratificante.
O que me fez orar.


Boa noite!

"O segredo do perdão é olhar sem julgamento.
O segredo da fé é procurar as provas.
O segredo do carisma é olhar com amor.
O segredo da saúde é a alegria.
O segredo da força é a vontade.
O segredo do amor é a inteligência.
O segredo do destino feliz é ficar no melhor.
O segredo do equilíbrio é buscar o espiritual.
A vida tem seus segredos, mas, para quem está atento, fica fácil descobri-los." - Zíbia Gasparetto

Continuei... Vou seguindo.

                                Ora_Ação

O Segredo da Vida é a busca por respostas.
O Segredo da Sobrevência é a adaptação.
O Segredo da Paz é o Equilíbrio nas diversidades.
Vou continuar a buscar segredos e fazer poesia, pois o segredo do amor é a Solidariedade,
Acreditando que o Segredo de dispor, é a Generosidade.
E que o  Segredo da crença na Fé, está na Gratidão.

Obrigada

1 de outubro de 2017

Boa Vida, Boa Morte

Ontem, eu tive a certeza de algo interessante. Idade não tem "idade". Meu grilo falante ontem era piadista. Não é preconceito, pois também chego lá. E com a alegria estampada no rosto, esfregado e requisitado todo tempo, ele ia à frente dançar. E dançava e beijava e sentava. Repetia todo o tempo, o tempo todo. E eu observando atrás do meu copo de cerveja, pensando em uma boa vida e uma boa morte. Morreu de que? E meu grilo se pôs a dizer estendendo os braços. Jogando as mãos de palmas para cima:
-Morreu de Viagra ora pois!  Gritando em bom português da terrinha! De Viagra!
E eu gargalhei com pensamentos sós... Kkkkkkk. Hahaha

23 de julho de 2017

Aprendizado

Ansiosa...
Muitos acontecimentos ao mesmo tempo.
Deslumbramento tardio. Sem reflexão ou avaliação satisfatória.
Só emoção e sentimentos. Nada saudável para quem convive ou relaciona.
Escutando questionamentos profundos que na hora não nos impactam, mas ficam no subconsciente revirando e libertando conceitos arraigados.
Em um encontro recente, um colega questionou Arte.
Por que a avaliação e o separamento nos distância da criação ou criatura?
Deveria fazer parte, ser utilitária no sentido de necessidade da manifestação cotidiana e inclusiva.
Membros de um corpo social. Talvez a palavra social já exclui a ideia de pertencimento. Partícipe, aquele que se manifesta, que cria, que faz, é básico e capaz.
Nas culturas "primitivas", originais, acontece de forma representativa da sobrevivência no habitat. Materiais recolhidos do solo bruto, da flora, da fauna,  do ar, do fogo do sol, são usados para tornar possível a realização, concretização e facilitação do convívio, do sustento e da manutenção permanente.
Nomeamos Cultura. E o questionamento válido era especificar como a Arte, o que é natural, nativo, puro e instintivo se caracteriza como exclusiva. Como explicar?
Aprendendo com jovens e formulando "desconceitos".
Entendendo o que escrevo por Insights:
http://www.mineiridadeempencas.com.br/2015/10/amor-ao-leo.html
Outro jovem fala do respeito às tradições, ao sistema organizacional de agrupamentos ou comunidades.
Eu interfiro, talvez pelo momento politico social que estamos vivendo:
A primeira coisa para se implantar uma ditadura é exilar os artistas! Expulsar pensamentos e ideias.
Essa é a nossa sociedade colonizadora.
O jovem falava de harmonia, da união para o bem comum, da sabedoria ancestral e da sobrevivência sustentável.
Eu embuída do Ego, dos Pré Conceitos não escutei ou não quis entender.
Mas ficou latejando na minha mente a fala daqueles moços tão conscientes dos limites e das diversidades existentes no planeta.
A não obrigatoriedade, a não globalização do pensamento, da concepção, da abstração, da caracterização e do julgamento. Estamos impondo condições, não buscando a compreensão e o entendimento e sim, o reconhecimento da superioridade do Modus Vivendi
Estamos sentenciando e as vezes condenando baseado em nossos valores, s visualizar a empatia na realidade.  Busca da energia a qualquer custo para acumulação, excessos e abusos para o desperdício.
E Arte é o antes de...
A manifestação! A criação ou a criatura em si é a concretização da experiência e da vivência, onde todos fazemos parte de algo. Somos a expressão da natureza, da coletividade e da convivência. Portanto tudo o que está , existe e é parte de algo acontecendo no tempo e em um espaço.
Agradeço a oportunidade de aprender com pessoas jovens de mente e espírito o que ainda não percebo.
Obrigada!

PS: Encontros, reencontros e a liberdade de assimilar novos pensamentos nas oficinas sobre a metodologia indígena.
Metodologia da Cobra discutida por Ma. Rio Mário Geraldo da Fonseca.

15 de junho de 2017

DNA Maravilhoso!

Sementes Creolas?

14 de junho de 2017

Epígrafe -

Sempre me vem à cabeça...
E me pego repetindo em alguns momentos.
-São pecados. Eu sei...
Aparecem de tempos em tempos...
- Ali se vive do Amor
- E do ar do prado também.
E a voz do meu avô sem som volta e me diz:
-Alice vive do Amor
-Eduardo Prado também
E arremata: duas e uma
Não é uma charada. Porém em meio a tantas que meu avô cobrava com seu enorme livro e que nos fazia pensar, ficaram essas frases que teimam em retornar.
Hoje elas reapareceram. E estão presentes me fazendo levantar às seis horas para contar sobre...
Li ontem que deixaram um recado nos céus:
"Cuidem bem do planeta.
Nós falhamos!"
Como? Não era: "Sim, nós podemos?"
E percebo que estamos criando realidades, mundos paralelos, ou mundos reais, onde nós e outros sobrevivemos.
Aí me lembro da metodologia da cobra, onde o índio nos ensina respeito:
"Tudo é gente.
"Pessoa é gente"
"Animal é gente"
"Coisa é gente."
Não sei avaliar a grandeza da sabedoria, nem sei se entenderei o tamanho da responsabilidade que assumem perante o compromisso das ideias.
Aprendi também que a Amazônia é resultado de um manejo milenar ou mais que isso.: um manejo que resultou no primitivo, no contato "humano natural".
Fico meditando se houveram e quantas civilizações aconteceram para nos deixar uma Floresta Mágica onde o homem se integra e dissolve na sua síntese.
Não me lembro das charadas que nos divertiam e nos tornavam mais alegres.
Duas e Uma! Ficou...
Um ovo fecundo que depois vai se multiplicando: Uma e duas!
Uma linguagem binária capaz de criar novos mundos!
Um DNA ativo.
Isso me acorda às seis, depois de ter deitado às duas da manhã e me faz pensar sobre o que li ontem.
"Nós falhamos!"
Me faz acreditar que continuaremos de alguma forma em algum lugar que está contido no tempo inativo.
A Vida existindo num tempo medido.
Nativo!
Nem que seja no Instante.
A Eternidade dentro do instante.
No Tempo das Idades
Isso é "Herança"!

PS: Pode uma coisa dessas? Precisando fazer café.
Agora mesmo vão acordar e eu aqui aprendendo sobre cromossomos.
Tudo porque escutei a voz sem som do meu avô..
E não era uma charada para me fazer sorrir...
E eu me digo:
-Ha! vai te catar mulher! Tome tento... Tens mais o que fazer... Cromossomos? Ora pois... Como somos!
-Ao fogão!

https://pt.wikipedia.org/wiki/Cromossomo

12 de junho de 2017

O Homem, A Mulher e a Lua em Gênesis

Abriram-se então os olhos de ambos
E começaram a perceber que estavam nus
E veio a ser noitinha
E veio a ser manhã...
E ambos continuaram nus
O Homem e seu desejo
A Mulher e sua vontade...
E não se envergonharam
E veio a ser manhã
E veio a ser noitinha...
E no céu saciada
Uma Lua enorme estava...
Cheia
Redonda
Farta
Prenha de Luz estava...
Foi ficando...
Ficando...
E ficou.
E estará...
Para épocas
Para dias
Para para anos...

Maria Tereza Penna

17 de maio de 2017

Sermão dos Peixes

Ilustração Maria Tereza Penna



Escritores Independentes? De que?

Leitores... Fernando Pessoa diz que escrever é vocação... Porém o escritor tem emprego paralelo para bancar. Um sacerdote? Monge?Tem a organização que apoia e cobra dízimos ou bens necessários à sobrevivência e tem fiés que colaboram com tarefas.. Um artista? Tem de ser marginal: Belchior, e outros excelentes? Poucos entre milhares? Educação e apoio? Marketing? Cem Tons de Monocromáticos? Monografias? Valores questionáveis?.. Leitores independentes libertam escritores e fazedores de Artes


7 de maio de 2017

Rio Doce

Minha Poesia para o concurso da 
Cultive Art Littérature Solidrité
3º Lugar

RIO DOCE
 Maria Tereza Penna

Sabor adocicado
Agradável Cidra
De manso movimento
E discreta cortesia

Era Doce o Rio

De descompromissado agridoce
Afrodisíaco perfume
Que alteava apetite
Estimulava e constrangia
Num frenesi de terras enlevas
Em águas esverdeadas

Era Rio rascante
Ao penetrar veemente
O abundante mar

Era Rio Doce...

Hoje é Rio de Lama
Enxofre, Arsênio, Mercúrio e Cromo
Envenenam e contaminam
Com mágoa que inunda
De amarume o coração.

Rio morto vira lama
Amontoado de porção
Apodrece o desvalido
Pélago enfermo de peçonha
Sofre o bêbado da vergonha
Vale de ruína e assolação.

O Sertão vai virar Mar?
Mar vai virar sertão?
Que eu possa me arrepiar
Todas as vezes que ouvir o verso
E torcer para que reversa seja
Catástrofe verdadeira
Que matou crença, fé e ilusão.

http://www.salondulivre.ch/fr/auteurs/page-22
http://www.salondulivre.ch/fr/auteurs/page-22

9 de abril de 2017

Poetar

O som, o ritmo é o importante.
Sentimos o que é falta ou exagero.
A poesia é música.
As pausas, o andante, o compasso está na recepção que nossa mente assimila. Sentimos quando a busca da "perfeição" assume. Não a perfeição que finaliza e sim a proposta que se abre.
O poeta é movido pela música que se traduz em palavras. Como  uma partitura ela se revela. Escutamos Poesia... Quem lê, escuta e sente...

23 de março de 2017

Escrevendo em Tempo Real

Escutei: Nós temos os melhores patrões. E é uma dádiva. Nada contra. Se desejamos patrões, que sejam os melhores! Quem trabalha para o serviço público, trabalha para o povo. É empregado do Povo.
Talvez acredita que não tem patrões, que é independente e que  o salário é um benefício.
O Empreendedor acredita que faz, que realiza sonhos, que inclui, agrega, provém e enriquece.
Um catador de latinhas é seu patrão. Quem compra é dono de si mesmo. Quem fabrica o conteúdo é um empreendedor; quem extrai o material para a confecção da embalagem, do suporte, é empregador; quem extrai o material para que essa cadeia se desenvolva e aconteça, é a mineração.
A matéria-prima é a essência.
Tudo vem da Terra e para o Planeta voltará.
Somos responsáveis
Já escutei: Somos companheiros! Companheiros!...
Escutei: Somos os Melhores Amigos
Somos os melhores Amigos...
Ouvi: Somos Um Universo
Só não quis entender: Somos os Responsáveis!
Somos Responsáveis!

19 de março de 2017

Manga Com Leite Mata

Como aconteceu em 62. A infiltração na polícia e em outros órgãos. Agora para a derrocada final. Guerra virtual. Guerra econômica, Manipulação. Para que não tomassem do leite, espalhou-se

MANGA COM LEITE MATA

Bom dia! Não vi os vídeos sobre as carnes e as empresas fornecedoras de alimentos. Sei que as empresas nacionais, empreiteiras e extrativistas, estão no vermelho.  Falidas. O sistema brasileiro que sempre explorou empreendedores ruiu. Todos empreendedores, todos estão quebrados. Vítimas da ambição ou de como as coisas sempre funcionaram. Não cabe mais. Ou mudamos ou morremos. Isso vale para a maior parte do mundo. Agora estão visando mega empresas fornecedoras de alimento para o mundo inteiro. Sei que somos pobres e não temos mais dinheiro para comprar carnes. E veio tudo a calhar. Vamos virar fornecedores para os que podem comprar. Tipo assim: Somos escravos e não podemos comprar o que produzimos. Não discuto aqui o mérito de comer ou não a carne. Se comer carne está em contradição com a saúde e a limpeza espiritual, então, estamos envenenando o mundo. Vamos sim discutir sobre, e encontrar soluções. Discuto a falta de opção, a proibição, a quebra das empresas exportadoras ou a possibilidade de só outros poderem adquirir. O Brasil produzindo ou não, as pessoas desempregadas,  a falta de opção e a miséria emocional que circunda a educação e a Cultura. A fragilidade da estrutura, a falta da presença da força da educação na vida e para a vida dos brasileiros, e outras coisas que nos deixam vulneráveis. Hoje a guerra é virtual, porém fere igualmente mais as pessoas e lesam mentes e corações. Bom, estamos na Semana Santa. Aproveitemos para pensar, já que a carne nessa época não é bem vinda aos lares ou somente às mesas e no prato. Não estou aqui defendendo crenças, fazendo apologia, ou abolindo a carne. Estou tentando refletir. Existem espaços para que a espécie se preserve naturalmente? Vamos fazer o que com os rebanhos? Vamos planejar a criação de animais com mais critérios?
Eu estou bem no momento. Vou procurar um tratamento. Desidratada... Pode ser que seja já algum delírio ou lapso de sanidade. Escrevi isso, está aí, respondendo ao meu direito da liberdade de pensamento.
Vou me cuidar porque também sou "gente como a gente"... Se puderem, orem por mim.. Desde já agradeço. Bom dia a todos.

Somente o Necessário



Sua blusa é de algodão? 

Usaram agrotóxicos na lavoura? 
O fubá é de milho transgênico?
A agricultura é  extensiva ou de pequenas comunidades? Agricultura familiar? 
Nesse Sistema de Coisas, não adianta proibir. Onde houver quem compre, sempre haverá quem venda. Se não é o melhor ou o justo, precisamos de mudanças.
Conscientização. Educação é o antídoto. Se é crueldade retirar a lã de ovelha, não compre casacos de lã. Se é crueldade matar seres vivos, não comemos mais seres vivos. Sustentabilidade, sobrevivência sustentável. O planeta é Vivo. Não uma operadora vivo. Buscar soluções, viabilidades e não hipocrisias. Seria melhor então cairmos fora e deixar o planeta em paz. Somos parte ou pulamos fora... Sobrevivência sustentável e solidaria. Vegetais, animais são Seres Vivos. 
O Planeta está Vivo. Podemos ser parceiros, assim como seres unicelulares ou colônias de seres. Regulamentar e Fiscalizar o que é correto e banir o que é criminoso com todos os seres, com o planeta em si, até que a Educação assuma e conscientize  o que é Respeito para que a liberdade aconteça. A Vida sobrevive redundante. Colhemos o que plantamos. E a beleza está em como plantamos ou "Caçamos"  o que precisamos para continuar.. A questão está em reconhecer O Necessário.
Só não cabe a hipocrisia insustentável.

12 de março de 2017

Cem Culpas - Midia Espontânea

Pagina 02 - Cultural - por Rogério Salgado
Poeta, escritor e redator

6 de março de 2017

A Vassoura e a Inveja


A Vassoura é eficaz quando não varre para debaixo do tapete. O tapete pode voar e a sujeira vai aparecer. Dar mais de maluca e levantar a vassoura para dar uns cacetes também espanta maldosos... E se não der certo, suba em cima e casque fora!
Pelo menos ninguém briga por vassoura alheia quando o assunto é trabalho e não sonhos. Ninguém inveja quem está varrendo, só quer derrubar quem está voando...
#BananasThings

24 de fevereiro de 2017

Não sabia do Google. Tadinhoooo!


Carlin desconfiou do Google. Não acreditou que teria algo lá em cima, nas nuvens, nos visitando, nos cobrando, nos julgando o tempo todo.
Não imaginava que iriamos fazer capas de bujão de gás para sentarmos no vaso sanitário, nem que faríamos academias para entrar no chuveiro. Não imaginou que postaríamos selfies o tempo todo para mostrar como estamos felizes com o novo senhor. Que agradeceríamos eternamente por seus anjos nos encontrando onde estivéssemos. Ser protegido é ser vigiado e sempre encontrado.
Sabe extamente o que necessitamos, o que procuramos e desejamos.
Nos envia instruções por e-mail de como conseguir concretizar nossos sonhos. Ele ao contrário do que preconiza Carlin, sabe muito bem como administrar!
As vezes páginas se abrem como num livro profético.Isso é religião?
Ou mudamos nossos conceitos e valores sobre religião e felicidade, ou estamos realmente vivendo no paraíso. Ninguém mais se perde, nem se transforma, Apenas dizem: Amém Nós Todos!
Aff Google!
Nada contra. Cada um sabe de si e você de todos nós!

MINHA FORTALEZA


VOLTA PRA MIM!!!
MESMO QUE ESTEJA EM OUTRA DIMENSÃO!!