19 de setembro de 2012

Meu ET Apaixonado

Testando Crayon na mesa digitalizadora. Vou testando ferramentas novas a cada dia. Eu creio que é assim que se aprende. FUÇANDO... Criança aprende o que deve e o que não deve, apenas exercitando a curiosidade! É assim que eu funciono. Uma vez eu escutei: Fuça daqui, fuça de lá... E daí? É isso mesmo! Vou continuar procurando o que minha imaginação me ofereceu um dia... E eu não me conformo... Não me conformo que aquilo que tanto me fez sonhar não seja real..

Ilustração Maria Tereza Penna

Eu não me sinto um peixe fora d'água, eu me sinto como um ET fora de órbita.
Eu quero a minha casa! Go Home.... Go Home...
Mas não sei mais onde fica meu lar...
Não sei mais onde fica meu abrigo...
Eu só sei que sonhei tanto que acabei enjaulada  pelos sentidos...
Charriot... Cada minuto aqui representam 15 dias aí fora...
Eu não sei se gosto mais de mim ou da minha paixão.
Só espero que não fique tão triste a cada dia, pois sonhos coloridos são para serem alegres...
Lembranças coloridas devem ser revividas para que não se tornem Saudades...
Eu me mantenho presa à fascinação e ao encantamento, para que a nostalgia não faça de mim um objeto curioso ou um brinquedo qualquer...
Essa melancolia vai passar logo, eu sei...
Se sentir um ET faz parte de alguns momentos nessa terra.
Estar no planeta, não é o mesmo que se sentir em casa...
Eu quero a minha casa... Minha casa... Go Home! Go Home!



Nenhum comentário:

MINHA FORTALEZA


VOLTA PRA MIM!!!
MESMO QUE ESTEJA EM OUTRA DIMENSÃO!!