12 de setembro de 2014

Ti -Ti -Ti



 O Livro

Eu amo você
Não pelo que você é
Não pelo que você apreendeu
Não pelo que você faz
Não pelo que deixa de fazer
Mesmo que eu não saiba nada sobre você
Pelo que conheço
Pelo que desconheço
Mesmo que eu não queira conhecer
Ou porque tentei saber
Não por gostar de Ti
Não pelo que admiro em Ti
Não pelo que abomino em Ti
Ou por aceitar-te...
E Sim!
Pelo que me faz crer
Pelo que me faz desacreditar
Pelas vontades e desejos
Por tudo que me faz sentir
Pela revolução que você provoca em mim
Mesmo estando, ou não
Ao seu lado.

Um comentário:

Sylvio Mário Bazote disse...

Livros são amigos pacientes!
Ótimas companhias para boas solidões e aqueles momentos em que se quer exercitar apenas o cérebro (ou espírito), deixando o corpo descansar em paz...

MINHA FORTALEZA


VOLTA PRA MIM!!!
MESMO QUE ESTEJA EM OUTRA DIMENSÃO!!