24 de março de 2015

OLIMPÍADAS DA SOBREVIVÊNCIA

Acordei antes das três horas. Hoje esperarei mais tempo pelo canto dos pássaros. Primeiro as aves,com seus gorjeios, depois chegam Beethoven, Mozart, Bach  e seus companheiros se unindo à orquestra visceral...Villa Lobos não pede licença, já é conhecido e festejado pelos habitantes da região. 
Um clarão invade o espaço como uma lanterna. Passa rapidamente sobre a janela e se afasta me deixando novamente imersa no silêncio e na escuridão. Perdi o sono...
Estou a pensar:As Redes Sociais parecem impregnadas pelo ódio. Uma disseminação do sentimento gratuito. A covardia dos Trolls estão infestando e afastando as boas iniciativas. Pessoas fazem campanhas para candidatos em vez de acabar com a carreira do político. Político de carreira Não! Estão investindo cada vez mais seu tempo e sua criatividade em algo que só nos traz dissabores.
Estamos às vésperas das Olimpíadas. Um evento que canaliza as atenções do mundo inteiro ao mesmo tempo, centralizada em um local onde se encontram pessoas que pregam saúde, superação e vontade de vencer. Então porque não fazer a Compensação Ambiental Antecipada e que aconteça sem culpas esse evento de grande porte? Por que não um grande flash mob de pessoas em vários países imbuídas do desejo de harmonia e Sobrevivência Sustentável! Calculemos impacto e mãos a obra! Vamos junto, compensando a natureza e em defesa da PAZ!

LEI da COMPENSAÇÃO AMBIENTAL ANTECIPADA para Grandes Eventos. Compensação Ambiental Antecipada para concessão de Outorgas e Alvarás!

PS: Já pensaram? Pessoas plantando árvores nativas de suas regiões ou outras atividades em prol da sustentabilidade, todas ocorrendo ao mesmo tempo para cobrir impacto ambiental ocasionado por um evento que estão promovendo?

Ao menos não poderiam filmar os países dos atletas em locais preservados e com abundância de generosidade NATURAL?

2 comentários:

Sylvio Mário Bazote disse...

Tem coisas que são tão simples que, sinceramente, não sei como se tornam tão complicadas ao ponto de não parecerem possíveis.
Plantar flores, arbustos e árvores no local onde se mora e no seu entorno, e depois cuidar destas plantas, é algo que deveria ser tão natural (por ser tão necessário) que deveríamos estranhar quem não o faz!
Esse admirável mundo que construímos e mantemos não cansa de surpreender, como que tem de bom e ruim...

Maria Tereza Penna disse...

Prezado Sylvio
Coisas se distanciaram e foram substituídas por outras prioridades. Um mundo de valores diferenciados e que se distanciaram das necessidades básicas O Prazer do Ser foi se 'sofisticando" e se transformando em Possuir. Hoje coisas "simples" demandam extremo esforço. W um evento que une indivíduos do mundo inteiro, poderia sim, vir a resgatar, motivar, educar pessoas para um futuro coletivo. Não um futuro para poucos privilegiados.

MINHA FORTALEZA


VOLTA PRA MIM!!!
MESMO QUE ESTEJA EM OUTRA DIMENSÃO!!