25 de novembro de 2015

Uma Lua Para Um Rio Doce

TO BE OR NOT TO BE?
Ilustração: Maria Tereza Penna


LUTO:


E A NATUREZA RESPONDEU:
OU FOI A NOITE?
-DESSA VEZ, NÂO HÁ PERDÃO! 
NÃO HÁ COMO SEPULTAR UM RIO!. 
E TUDO QUE FIZEREM SERÁ APOLOGIA POLÍTCA. 
SE PEDIR PERDÃO FICA COM CARA DE POLÍTICO DE OLHO CAÍDO, 
SE INSISTIR EM FICAR VAI PARECER UMA LÂMINA DE CORTAR METAL.
(Não se coloca nomes de políticos. Vai fazer campanha de graça - prefira metáforas, porque metonímias já eram).


3 comentários:

BilaBernardes disse...

Bom dia Maria Tereza!
Está melhor?
Você identificou-se como ilustradora.
E os poemas são seus?
Alerto porque imprimi um grupo de poemas meus em forma de postais sem meu nome é espalhei.
Chamaram-me a atenção pois ficaram anônimos.
Abraço

BilaBernardes disse...

Bom dia Maria Tereza!
Está melhor?
Você identificou-se como ilustradora.
E os poemas são seus?
Alerto porque imprimi um grupo de poemas meus em forma de postais sem meu nome é espalhei.
Chamaram-me a atenção pois ficaram anônimos.
Abraço

Maria Tereza Penna disse...

Oi Bila. São sim
Eu coloco no meu blog. Quando não são meus eu cito o autor. Eu ilustro também.

MINHA FORTALEZA


VOLTA PRA MIM!!!
MESMO QUE ESTEJA EM OUTRA DIMENSÃO!!