14 de junho de 2017

Epígrafe -

Sempre me vem à cabeça...
E me pego repetindo em alguns momentos.
-São pecados. Eu sei...
Aparecem de tempos em tempos...
- Ali se vive do Amor
- E do ar do prado também.
E a voz do meu avô sem som volta e me diz:
-Alice vive do Amor
-Eduardo Prado também
E arremata: duas e uma
Não é uma charada. Porém em meio a tantas que cobrava com seu enorme livro e que nos fazia pensar, ficaram essas frases que teimam em retornar.
Hoje elas reapareceram. E estão presentes me fazendo levantar às seis horas para contar sobre...
Li ontem que deixaram um recado nos céus:
"Cuidem bem do planeta.
Nós falhamos!"
Como? Não era: "Sim, nós podemos?"
E percebo que estamos criando realidades, mundos paralelos, ou mundos reais, onde nós e outros sobrevivemos.
Aí me lembro da metodologia da cobra, onde o índio nos ensina respeito:
"Tudo é gente.
"Pessoa é gente"
"Animal é gente"
"Coisa é gente."
Não sei avaliar a grandeza da sabedoria, nem sei se entenderei o tamanho da responsabilidade que assumem perante o compromisso das ideias.
Aprendi também que a Amazônia é resultado de um manejo milenar ou mais que isso. Um manejo que resultou no primitivo. No contato "humano natural".
Fico meditando se houveram e quantas civilizações aconteceram para nos deixar uma Floresta Mágica onde o homem se integra e dissolve na sua síntese.
Não me lembro das charadas que nos divertiam e nos tornavam mais alegres.
Duas e Uma! Ficou...
Um ovo fecundo que depois vai se multiplicando: Uma e duas!
Uma linguagem binária capaz de criar novos mundos!
Um DNA ativo.
Isso me acorda às seis, depois de ter deitado às duas da manhã e me faz pensar sobre o que li ontem.
"Nós falhamos!"
Me faz acreditar que continuaremos de alguma forma em algum lugar que está contido no tempo inativo.
A Vida existindo num tempo medido.
Nativo!
Nem que seja no Instante.
A Eternidade dentro do instante.
No Tempo das Idades
Isso é "Herança"!

PS: Pode uma coisa dessas? Precisando fazer café.
Agora mesmo vão acordar e eu aqui aprendendo sobre cromossomos.
Tudo porque escutei a voz sem som do meu avô..
E não era uma charada para me fazer sorrir...
E eu me digo:
-Ha! vai te catar mulher! Tome tento... Tens mais o que fazer... Cromossomos? Ora pois... Como somos!
-Ao fogão!

https://pt.wikipedia.org/wiki/Cromossomo

Nenhum comentário:

MINHA FORTALEZA


VOLTA PRA MIM!!!
MESMO QUE ESTEJA EM OUTRA DIMENSÃO!!