10 de abril de 2022

In Natura

 In Natura


Sonhos preservados. Sempre na mente e no coração.
Cores e formas lançadas ao vento...
Luz e sombra revelando sentimentos 
Que surgem desfocados e se tornam hiper reais.
Entre montanhas que desaguam em mares...
Vão seguindo caminhos contornando pedras...
E montes se tornam firmes Enquanto águas góticas lapidam poesias íngremes
Que se erguem 
Provocando delírios e prazeres
Onde olhos eternamente encantados 
Teimam em permanecer

Nenhum comentário: