19 de janeiro de 2021

Nas Nuvens!

Nem que nos tornemos Madres ou Madonas ou Terezas... Meu momento me permite meditar sobre...  Que nos tornemos por opção, ou por necessidade ou satisfação. Como eu aprendi com os índios: A Paz é a satisfação das necessidades. E estou aprendendo que surtar as vezes é parte do aprendixado. É onde a cura se inicia e as transformações e os milagres acontecem. 

Acreditando que registrar, escrever  ou se doar pode ser num rabisco em pedra de caverna, num papiro, num out-door e agora no mais inimaginavel de todos os lugares, onde o Vento conta suas histórias: Onde carneirinhos pulavam cercas para nos fazer adormecer:  Nas Nuvens! Poderíamos imaginar que algum dia deixaríamos nossos passos nos Céus? Nossa passagem no planeta, nosso rastro na existência, nosso registro Universo está lapidado no Infinito. E a Generosidade e Gentileza da Vida, nos torna a Todos os Seres, Imortais! Somos Imortais! 

#Obrigada 

Creio no momento, melhor que #Gratidão

PS: 

Vou cavalgar nas Nuvens. Tomara que o Sol não me dissolva em Ícaros, pois renascer em Fênix dá um trabalho danado! 

HAJAM ASAS!

Nenhum comentário: